segunda-feira, 17 de abril de 2017

Pimenta rosa - especiaria do mês de abril de 2017

Pimenta rosa


Schinus terebinthifolius  Família: Anacardiaceae

A pimenta rosa não é uma pimenta verdadeira, não é da família da pimenta-do-reino. Ela é o fruto da aroeira, uma planta originária do Brasil e da América do Sul. Foi levada pelos franceses para a Ilha Reunião no oceano Índico, onde é cultivada. No Brasil o maior produtor é o estado do Espírito Santo.

A planta nasce naturalmente em todo o litoral brasileiro, inclusive é fácil de achar aqui no Rio de Janeiro. A terceira foto dessa postagem (a foto da planta) foi tirada em frente ao Museu do Amanhã no Centro da cidade. Fiquei toda feliz e contente em encontrá-la com frutos na minha primeira visita ao museu!


Curiosidades

A pimenta rosa foi levada para a Flórida como planta ornamental e lá se adaptou muito bem, tornando-se uma praga. 

No peru é usada em bebidas alcoólicas. Já há no mercado nacional cervejas aromatizadas com pimenta rosa.

A planta é usada pelos índios para combater doenças de pele. Ela tem propriedades antibacterianas, 


Pimenta rosa do blog Aromas e Sabores


Usos na Gastronomia

Ela é quase nada picante e tem sabor frutado e doce. Eu particularmente não gosto muito do seu sabor resinoso mas não resisto a sua beleza. Uso para decorar pratos de salmão, na mussarela de búfala, em canapés e finger food variados do meu buffet.

Ela combina com carnes brancas como frango e peixe, carne de porco e massas. 

Pode ser usada em saladas e molhos cremosos e vinagretes. Combina bem com queijos.

A pimenta rosa pode ser usada em doces, para dar sabor ou decorar. É usada em chocolates e bombons.

É muito usada em coquetéis.

De modo geral é usada para finalizar pratos, ao final do cozimento. Não se deve usar a pimenta em pratos de cozimento longo.

Ela pode ser usada inteira ou moída. Para moer em casa basta usar um pilão, ela é bem leve e frágil.

É encontrada em mix de pimentas, vendida junto com a pimenta branca e preta. 



Pimenta rosa do blog Aromas e Sabores


Compra e cuidados

A cora da pimenta varia do rosa claro até o escarlate e quando velha vai ficando marrom e mais ressecada. Ao comprar ela não deve ter muitos frutos marrons, ela deve estar com os frutos bem novos e inteiros e de cor viva, quanto menos enrugados melhor. As pimentas da foto já estão com váriso frutos envelhecidos, repare só!

Se tiver acesso aos frutos frescos, congele para que durem mais. Só não vale arrancar os galhos em frente ao museu! Deixe lá para que outras pessoas possam apreciá-las também, ok?


Pimenta rosa do blog Aromas e Sabores


Atenção
Em grande quantidade pode ser tóxica.


Para saber mais:

Plantação no Espiríto Santo G1

Revista Esta Terra

Sobre a pimenta - em inglês



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oba!! Comentários bem temperados são sempre benvindos!

Atenção - como todos os comentários são moderados ele podem demorar para aparecer. Nâo serão publicados aqueles com links ativos ou que visam a propaganda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...