segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Biscoitos amanteigados de queijo parmesão

Biscoitos de queijo parmesão


Esses biscoitinhos aprendi a fazer quando era adolescente. Era figurinha fácil aqui em casa, mas não ficavam muito tempo na prateleira. Era fazer e comer tudinho, um vício! Agora sou mais comedida, faço muito raramente e só metade da receita.


Ingredientes

300 g de farinha de trigo
1 colher de chá de sal
200 g de manteiga em temperatura ambiente
150 g de queijo parmesão ralado fino
1 gema para pincelar

Como fazer

Preaqueça o forno no médio.

Misture a farinha com o sal, misture bem todos os ingredientes. Ou processe no processador de alimentos até que se transforme em uma massa uniforme. Mas não bata demais.

Faça bolinhas e coloque em uma assadeira, achate com os dedos. Não precisa untar. Pincele cada biscoito com a gema.

Leve os biscoitos ao forno por aproximadamente 35 minutos ou até que dourem a gosto.

Deixe-os esfriar um pouco para comer.


Dicas / substituições
Eu costumava inclui uma colher (de sopa) de sopa de cebola de pacote para temperar, mas hoje em dia prefiro sem
O melhor parmesão para usar é o do tipo bem curado, mais seco, faixa azul se possível. Mas é possível usar queijo de pacote, contanto que seja de boa qualidade, sem gosto de sabão.
Se sobrar guarde-os em um pote hermético.


quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Bolo de laranja da bisa

Bolo


Já faz alguns anos que tento sem sucesso fazer um bolo de laranja como o que minha bisa fazia. Eu não tenho a receita. Mas dessa vez acho que ela telegrafou, porque esse bolo ficou muito parecido!

O bolo é bem fofo, molhadinho e derrete na boca. É um bolo que tosta rapidamente por cima e depois de assado afunda um pouco. É um bolo simples de casa de avó, para comer no lanche ou a qualquer hora. A cobertura de cima fica crocante e bem doce. Ao cortar ele esfarela facilmente, as fatias não ficam bonitas mas ninguém se importa.

Aproveitei e usei nas fotos um prato que era do aparelho de jantar inglês de minha vó, que tem mais de 60 anos. O aparelho ficou quase intacto até poucos anos antes de seu falecimento. Meu avô conseguiu queimar a máquina de lavar louças com todos os pratos dentro. O cuidado que ela teve não adiantou! Nosso herança ficou reduzida a muitas peças manchadas pelo fogo que não conseguimos jogar fora.


Ingredientes

100 g de manteiga em temperatura ambiente
2 xícaras de açúcar
4 ovos inteiros
2 xícaras de farinha de trigo
3/4 de xícara de suco de laranja (espremido na hora)
1 colher de sopa de fermento químico em pó
Manteiga e farinha de trigo para a forma

Ingredientes para a cobertura

1 xícara de açúcar (refinado comum)
1/4 de xícara + uma colher de sopa de suco de laranja


Bolo


Como fazer

Preaqueça o forno no médio.

Unte um tabuleiro médio com manteiga e polvilhe com trigo.

Bata na batedeira a manteiga com o açúcar até ficar bem esbranquiçado.

Junte os ovos um a um, gema e clara juntas, e vá batendo bem entre cada adição.

Sem bater, junte 1 xícara de farinha, misturando com uma colher de arroz. Adicione o suco e misture bem. O bolo vai parecer talhado, é assim mesmo.

Junte a outra xícara de farinha de trigo e o fermento, misture bem, mas levemente.

Leve o bolo ao forno por aproximadamente 35 minutos ou até que um palito inserido no centro do bolo saia limpo.

Misture o açúcar da cobertura com o suco de laranja. Espalhe por cima do bolo ainda quente.


Dicas / Substituições

Se o bolo começar a dourar demais e ainda não estiver assado diminua o forno.
Se quiser cortar uma fatia sem quebrar a cobertura faça cortes no bolo ainda morno, assim a cobertura de açúcar não vai estar seca ainda.


segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Legumes com cobertura de farofa crocante de queijo - sem glúten

Legumes ao forno com queijo


Já contei aqui que adoro legumes incrementados, para mim legume cozido não rola não! Preciso de algo mais. Essa receita ficou bem boa e é ainda sem glúten para quem precisa.


Ingredientes

2 xícaras de legumes variados picados a gosto e cozidos (usei cenoura, vagem e chuchu)
1/2 xícara de fubá
1/2 xícara de farinha de arroz
3 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
Sal e pimenta a gosto
100 g de manteiga gelada em cubos

Como fazer

Coloque os legumes em um refratário.

Em um processador de alimento misture as farinhas e o parmesão e tempere a gosto com sal e pimenta.

Adicione a manteiga processe com as farinhas até que forme uma farofa. Não processe demais, a mistura não fica homogênea.

Cubra os legumes com a farofa e leve ao forno médio por aproximadamente 30 minutos ou até que a cobertura fique assada e dourada a gosto.


Dicas / substituições

Cozinhe seus legumes com sal e junte um pouco de azeite ou manteiga se quiser. Eu gosto de usar meu sal de ervas.
Use os legumes que quiser, eu compro esses da foto já cortados na feira. É um quebra galho!


quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Cursos de especiarias no Recreio - Rio de Janeiro

Especiarias


Novidade pessoal! Todo mundo já sabe que adoro especiarias, não é verdade?

Então, a partir desse mês estarei ministrando aulas muito aromáticas e divertidas que têm as especiarias como tema principal. Em cada aula abordarei 5 ou 6 especiarias diferentes e darei muitas dicas sobre elas: de onde vêm, como escolher,  onde comprar, como usar em pratos salgados, doces, bebidas e muito mais.

Em cada aula também farei três pratos saborosos usando as especiarias do dia. Ao final de tudo degustaremos porque ninguém aguenta só olhar e cheirar!

Gostou?

As aulas acontecem no Atelier Bendita Panela no Recreio e já temos duas aulas marcadas. Veja os detalhes no site do Atelier e faça sua inscrição lá mesmo.

Tem muitos amigos e quer juntar um grupo? Também é possível! É só entrar em contato e marcar uma data para no mínimo 5 alunos.

Aguardo vocês!


terça-feira, 19 de agosto de 2014

Hortelã - erva do mês de agosto 2014

hortelã
  

Hortelã – Mentha spicata, Mentha piperita – Família: Lamiaceae 

Existem diversas espécies de hortelã. Normalmente chamamos de menta ou hortelã-pimenta as que têm notas de mentol e deixam a boca mais fresca. 

A folha da menta é mais fina e aveludada. Enquanto a hortelã é mais adocicada e tem um toque cítrico. 

É a hortelã que normalmente usamos na cozinha, enquanto a menta é usada na confecção de balas, chicletes e pasta de dentes.


Utilização na culinária
 
Na cozinha ocidental a hortelã é muito usada em doces, mas eu adoro em comida salgada, principalmente com carnes. E na canja não pode faltar! Pode?

É utilizada para aromatizar legumes como cenouras, beterrabas, ervilhas e abobrinha. Combina bem com berinjela, tomate e pepino e em saladas. Veja essa salada de folhas com hortelã.

Combina com molhos variados, principalmente com os feitos a base de iogurte.

Tradicionalmente faz par com carne de carneiro, normalmente em forma de geleia ou molho e também combina bem com frango, porco e vitela. 

É essencial ao tabule e ao quibe. E é adicionada a curries, chutneys e a pratos apimentados para equilibrar os sabores.


Em receitas doces combina com frutas, como em uma boa salada, com sobremesas cremosas e com chocolate, e é muito presente na decoração de pratos. Quem nunca achou uma folhinha em uma sobremesa de restaurante?

Ela entra na composição de muitas bebidas e drinks, chás e sucos de fruta, como o já tradicional suco de abacaxi com hortelã. 

Eu adoro infusão de hortelã bem quentinha para o inverno e gelada no verão.

Os marroquinos adicionam chá verde e açúcar, a hortelã quebra o amargor do chá e a mistura é um ótimo digestivo. Sempre que estou entulhada faço um chá assim e em poucos minutos já posso comer outra vez. Ou podia quando era mais nova! Agora é melhor dormir mesmo.

Antes de usar amasse as folhas para extrair melhor seu sabor.




Hortelã desidratada

A hortelã desidratada é encontrada em mercados e principalmente em Empórios árabes. Ela é vendida em pedaços pequenos por que se quebra com facilidade. Normalmente tem cor verde escura.

Essa hortelã seca tem sabor forte e pungente  e tem poucas notas adocicadas. É a versão preferida em pratos de cozimento longo e com sabores fortes e apimentados. É muito usada na Grécia e no Oriente Médio. Nesses locais ela é usada por escolha e não para substituir a erva fresca.

Junto com outras ervas e temperos aromatiza bolinhos e recheios de carne. Também funciona bem em marinada para carnes.

Ela fica muito interessante se usada em sopas de feijão e lentilha e em ensopados. 

Experimente usar a erva seca como os turcos: ligeiramente refogada na manteiga ou azeite para finalizar pratos como sopas e ensopados de carne.


Armazenamento

Eu gosto de lavar e higienizar a erva fresca, secar e armazenar em potes ou saco plástico fechado. Duram por mais de uma semana na geladeira.


A erva seca deve ser armazenada em potes fechados, longe do calor e umidade.





segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Linguiça acebolada com batatas coradas

Linguiça acebola com batata corada


Gostaria que você pudesse sentir o cheiro dessa linguiça assando com batatas, cebola, ervas e um toque de vinho branco.

Fiz outro dia bem improvisado para levar para a casa de uma amiga. As linguiças foram compradas em uma promoção e as batatinhas estavam encalhadas aqui. Mas não poderia dar errado. Fiquei fã e fiz outra vez no fim de semana para fotografar. E comer, claro!


Ingredientes

500 g de linguiça de boa qualidade (a da foto é calabresa)
1 cebola bem grande em fatias
1 kg de batata bolinha com casca
50 ml de azeite
50 ml de vinho branco seco
1 colher de chá de alecrim seco
1 colher de chá de tomilho seco
Sal e pimenta-do-reino a gosto (usei meu sal de ervas)

Como fazer

Cozinhe as batatas em água até que fiquem ao dente. Aproximadamente 10 minutos. Escorra e descarte a água.

Espalhe a cebola em uma assadeira média, Por cima distribua a linguiça e as batatas. Regue com o azeite e vinho. Tempere com as ervas, sal e pimenta.

Leve ao forno médio por aproximadamente 40 minutos ou até dourar a gosto. Eu gosto das cebolas bem douradinhas.

Sirva com arroz para uma refeição ou com pão para um petisco.


Dicas/Substituições

Tempere com ervas a gosto.
Utilize cachaça no lugar do vinho.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...