quinta-feira, 22 de abril de 2010

Bacalhau com castanha-do-pará e tapioca


Esta receita de bacalhau da foto acima criei para concurso do Bacalhau da Noruega. Não ganhei mas é sempre bom participar, atiça minha criatividade! Escolhi o dia de hoje para publicar a receita porque li do blog come-se da Neide Rigo que dia 22 de abril é o dia da mandioca e minha receita leva mandioca em duas formas: farinha d'água e farinha de tapioca.

A receita que ficou em primeiro lugar no concurso é de uma autora aqui do Rio de Janeiro e o prato "Bacalhau com jeito marroquino" soa realmente bom! O concurso foi considerado um sucesso e recebeu 552 receitas que utilizaram o bacalhau das mais diversas formas e com uma boa união do bacalhau com produtos brasileiros.

Parabéns aos vencedores e também ao Conselho Norueguês de Pesca pela iniciativa! Para saber masi sobre o resultado do concurso clique aqui.

Quanto a minha receita ela foi inspirada no Pará, é claro, pois estava em Belém na época do concurso e experimentei uma sopa deliciosa que levava leite de castanha, tapioca e camarões...

Ingredientes

300 g de castanha do pará verde (fresca)
500 ml de água
2 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de manteiga
1 alho poró picadinho
1 pimenta verde picadinha (ou a gosto)
500 g de bacalhau dessalgado, aferventado e desfiado
2 colheres de sopa de farinha de trigo
1 xícara de farinha de tapioca do norte (veja afoto dela no final da postagem)
Noz moscada a gosto
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1/2 xícara de creme de leite

Modo de preparo

Bata no liquidificador a castanha verde com a água até que a castanha se dissolva e reserve. O caldo resultante é chamado de leite de castanha. Você pode coar ou utilizar como os pedacinhos.

Refogue o alho poró no azeite e na manteiga, acrescente a pimenta e o bacalhau desfiado e refogue por mais alguns minutos.

Acrescente a farinha de trigo misturando bem. Adicione o leite de castanha, tempere com noz moscada e pimenta-do-reino, mexa e cozinhe por 3 minutos. Adicione a tapioca e cozinhe por mais 5 minutos, misture o creme de leite e corrija o sal.

Coloque o creme de bacalhau com tapioca em um ramekin ou travessa refratária, cubra com uma farofa de boa qualidade a gosto e sirva.

A farofa da foto foi feita com farinha d'água amarela para o prato ficar colorido, manteiga e castanhas do pará tostadas e picadas.

Farinha de tapioca do norte, é bem leve, lembra o isopor!

Veja aqui as postagens sobre os Aromas e Sabores do Pará


4 comentários:

  1. Que prato bonito. Parabéns.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua receita Andréa, podia ter ganhado o concurso sim, achei bem criativa.
    Bjinhos

    ResponderExcluir
  3. moro na bahia gostaria de saber fazer esta tapioca tipo isopor. ou saber onde encontrar ela . grato

    ResponderExcluir
  4. Um excelente prato. Parabens e muito grato pela receita que partilhou.

    ResponderExcluir

Oba!! Comentários bem temperados são sempre benvindos!

Atenção - como todos os comentários são moderados ele podem demorar para aparecer. Nâo serão publicados aqueles com links ativos ou que visam a propaganda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...